Constelação Familiar Individual

A constelação familiar individual pode ajudar a encontrar a paz e a felicidade no nosso interior, permitindo que encontremos a liberdade. Saiba o que é constelação familiar individual e como ela funciona.
Constelação familiar individual
A constelação familiar individual está relacionada com crenças espirituais sobre a energia que carregamos em nossa alma e em nossa mente. Ela diz respeito à nossa bagagem espiritual e a tudo aquilo que somos ou fomos um dia.
Dessa forma, através da análise das emoções, lembranças e energias, essa prática terapêutica pode resolver problemas familiares e transformar vidas com gestos simples repletos de significado.
Se você ainda não sabe o que é constelação familiar e nunca esteve em uma sessão individual, não deixe de conferir neste artigo algumas informações e explicações sobre esse tema.
O que é constelação familiar individual
A constelação familiar individual é uma espécie de terapia que analisa fatos dos antepassados ou dos parentes de uma pessoa para identificar a causa de problemas reais e atuais que ela enfrenta em sua vida.
Basicamente, a constelação familiar trabalha com dinâmicas, que podem ser individuais ou em grupos, nas quais são compartilhados e encontrados dados familiares do passado, cuja energia pode estar afetando o presente.
Dessa forma, as dinâmicas podem envolver materiais, como bonecos e pedaços de papel, ou podem ser feitas com base na conversação e compartilhamento de experiências.
Diferente de outras terapias, a constelação familiar individual resolve um problema por sessão, então não há necessidade de criar um vínculo ou realizá-la com frequência.
Além disso, ela pode ser conciliada com outras terapias e tratamentos da medicina tradicional, servindo apenas como apoio e também ajudando a ampliar a visão de um indivíduo sobre seu sistema familiar, possibilitando que ele conheça mais sobre si mesmo e suas origens.
Qual a história da constelação familiar?
A constelação familiar surgiu a partir do trabalho do filósofo alemão Bert Hellinger. Em seus 16 anos de missão na África do Sul, ele percebeu que na tribo Zulu havia uma maneira diferente de resolver conflitos.
Os integrantes não possuíam problemas entre si e, sempre que surgia uma dificuldade, aquela se tornava uma questão de toda a tribo, e eles resolviam em conjunto, usando uma técnica parecida com a oferecida pela constelação familiar.
Depois dessa experiência, Hellinger passou a estudar profundamente fatos da psicologia e psicanálise, até desenvolver, a partir de seus estudos, uma dinâmica que poderia resolver conflitos com base no que ele chama memória coletiva da espécie.
Dessa forma, a memória coletiva da espécie é um conjunto de memórias que percorre as gerações através da genética. Em cada indivíduo, essas memórias são enriquecidas e depois passadas adiante na próxima geração.
Segundo Bert Hellinger, isso é possível notar através de algumas reações emocionais das pessoas, ou quando percebemos que fulano “puxou algo” dos parentes ou “herdou um talento” dos pais.
Tudo isso só comprova que as atitudes dos antepassados podem continuar interferindo na vida das gerações atuais. E é nisso que a constelação familiar se baseia: corrigir esses conflitos buscando respostas na memória coletiva da espécie.
Qual a diferença entre constelação individual e em grupo?
A constelação familiar pode ser feita em dinâmicas individuais ou em grupo. Além do número de envolvidos, o que muda de uma dinâmica para a outra é a forma de abordar o problema.
Na dinâmica em grupo, cada membro irá representar um familiar do cliente e, juntos, todo o grupo deve contribuir com cada personagem para chegar à causa do conflito e solucioná-lo.
Já na constelação familiar individual, estão apenas o cliente e o terapeuta. Assim, as representações são feitas escrevendo os nomes dos familiares em pedaços de papel ou com bonecos.
Nem sempre a constelação individual é eficaz, isso se deve pelo tempo que pode levar durante a dinâmica, mas ela pode ser bem útil para quem quer mais privacidade ou não pode comparecer aos horários estipulados. A constelação em grupo tem uma dinâmica mais rápida por isso em alguns casos pode ser mais eficaz.
Por que experimentar a constelação familiar individual?
Muitas vezes ouvimos falar sobre como os métodos alternativos conseguem resolver questões que a medicina tradicional é incapaz de tratar.
Se você possui conflitos intrigantes ou até mesmo doenças incuráveis e não sabe mais onde buscar ajuda, pode ser que essa terapia sirva para você.
Portanto, a constelação familiar individual é um método eficaz, que já foi incorporado ao SUS e busca resolver conflitos individuais do presente captando a energia do passado. Se você acredita nessa forma de espiritualidade, vale a pena experimentar.