5 motivos que farão você procurar uma Constelação Familiar!

Constelação Sistêmica

A Constelação Sistêmica Familiar, popularmente conhecida como Constelação Familiar foi descoberta pelo alemão, pedagogo, psicoterapeuta e filósofo, Bert Hellinger, que dedica sua vida a estudar o campo das constelações ao redor do mundo. A constelação familiar é uma técnica psicoterapêutica fenomenológica que têm transformado a vida das pessoas que a vivenciam.

Nela se pode atingir um nível de conhecimento e sabedoria a respeito de nossos problemas, nunca observado anteriormente. Este conhecimento surge de lugares ocultos do inconsciente humano, dando à luz uma nova solução para os dilemas e problemas de nossa vida; na maioria das vezes voltados ao nosso sistema familiar. Somos conectados com todos os pertencentes de nosso sistema familiar por uma linha inconsciente.

É impossível alguém de seu sistema familiar passar por um grande destino sem que gere grandes consequências para as gerações seguintes e os diversos outros membros do sistema (sugiro a leitora dos outros artigos publicados anteriormente, para aprofundamento do assunto). Toda e qualquer explicação referente às constelações são extremamente superficiais, por isso indico você a vivenciar um workshop de constelação familiar antes de tirar qualquer conclusão.

Este artigo vai te ajudar a identificar se a constelação familiar pode te ajudar nesse momento. Confira:

1. Prosperidade e dinheiro

Já teve a sensação de que o dinheiro não para na sua mão? Ou sente que tenha feito muito esforço para trabalhar e não tenha tido muito proveito? Já teve a sensação de não poder parar de trabalhar, pois se você parar “algo” vai quebrar? A empresa tem tudo para dar certo, mas simplesmente não dá? Todas essas pistas podem estar relacionadas a interligações com teus familiares, principalmente com aqueles que chegaram antes de você. Muitas vezes estes sentimentos podem estar relacionados à pessoa que perderam muito no passado por diversos motivos: guerras, mortes, tomada de terras, destinos difíceis e cruéis, e que geraram por consequência, a escassez. Por honra ao teu próprio sistema familiar, você não se autoriza a prosperar. É uma dinâmica bem complexa e que pode ser vista em campo de constelação.

2. Relacionamentos amorosos

Já trocou de amor, por não ter dado certo, mas encontrou um novo amor com a cara do amor passado (risos)? Algo muito normal e que acontece com diversas pessoas. Calma você não está sozinho nessa. É um grande dilema de vida, muitas vezes não compreendido e por consequência muito criticado por todos. Está na hora de olhar para essa situação com outros olhos. Cobrança, raiva, orgulho só demonstram que algo a mais ainda os une. Todas as pessoas das quais nos relacionamos e que geraram um sentimento maior, acabam por permanecer ao teu sistema e ter um espaço sagrado e inviolável, nele. É difícil de saber quais dos relacionamentos passados são considerados a nível de alma, mas dentro de um campo de constelação podemos identificar isso. Principalmente se você tem sentido dificuldade de se abrir para o amor de outra pessoa. Pense nisso!

3. Relacionamento com os pais

Um filho que não se abre para a vida que tem, não se abre para os pais que possui. A criança que não aceita e respeita os pais da maneira como são, pelas condições que foram dadas, assina a própria carta de falência no amor, dinheiro, força, negócios, auto aceitação… se você possui dificuldade de relacionamento com teus pais, e mesmo que eles não estejam presentes, quando se toca no nome deles você ainda sente um aperto no peito, está na hora de olhar para isso. Em momento algum eu disse que seria algo fácil. Constelar é um ato de coragem. Ser feliz é um ato de coragem. Dos pais vêm o mais belo dos presentes: a vida. O que para ti é maior do que a própria vida? Incluir os pais no coração faz você aceitar a vida como ela é. É a maior de todas as curas que você pode vivenciar enquanto Ser.

4. Dilemas da vida

Preciso optar por A ou B. O que fazer nesse momento? Muitas pessoas chegam até mim com dilemas de vida bem enraizados, mas que basta um olhar mais clarificado para ser tomada uma decisão. Tudo na vida existe dois caminhos e ambos geram consequências, correto? Não existe a possibilidade de algo dar errado, apenas é uma questão de ponto de vista. Muitos destinos difíceis deram vida a prósperas histórias e pessoas. Basta olharmos de forma sistêmica para isso.

5. Relacionamentos com os filhos

Filhos revoltados, impacientes, cobradores, autoritários e mandantes. Filhos que são mais pai ou mãe que os próprios pais. Descrevi alguém (risos)? Sim, você pode estar vivendo um emaranhamento familiar e/ou um fruto de um amor interrompido, ou seja, em uma determinada fase da vida dessa criança um dos pais precisava tomar uma atitude por ser o provedor da família, por ter que cuidar de um pai ou uma mãe; por trabalhar até tarde todos os dias, e isso gerou um certo distanciamento com os próprios filhos, a criança olha para isso com maus olhos, com olhos de abandono e o inconsciente dela fica incumbido a optar por um dos dois lados. Mas calma, que isso tem solução e podemos observar em campo de constelação as dinâmicas recorrentes em teu sistema familiar.

Como citado anteriormente: “Constelar é um ato de coragem” então não pense que tomar esta atitude será fácil. Mas digo uma coisa, se transformou a vida de muitas pessoas, com certeza irá você. Se tiver medo, abrace-o e o traga junto para a constelação, ele merece ser incluído.

Para terminar este artigo, gostaria de deixar algumas frases de autoempoderamento que a gente trabalha nas constelações e que podem ajudar você até a sua decisão de, de fato, constelar. Sente em um lugar confortável e que possas ouvir claramente o som da tua própria voz e repita estas palavras, pausadamente, comigo: “Eu me permito. Eu me permito ser feliz. Eu me permito viver a minha vida. Eu sou o próprio amor. Eu me permito ser vulnerável. Eu posso sentir dor. Mas ao mesmo tempo que eu sinto dor, eu sinto gratidão pela vida como ela é. Eu largo mão de querer controlar tudo a minha volta. É maior que eu. A vida é maior que eu. Eu sou menor. Eu deixo. Eu largo, tudo aquilo que não me pertence. Eu sinto. Eu sinto em meu coração a paz que vem de dentro. Bem de dentro. E permaneço com este sentimento a partir de agora. Gratidão, gratidão, gratidão!